O que é Moda Autoral e a por que consumir dessas marcas?

Para iniciar essa explicação sobre o que é moda autoral e qual a importância de se consumir dessas marcas, começamos com essa reflexão da página Dacri Deviati:

Se vestir com marcas autorais é mais do que comprar uma peça de roupa. É abrir caminho para toda uma geração que nos propõe novas formas de lidarmos com o mundo. Defendemos novos discursos na moda, os ajudando a sobreviver. Batemos palma para a criatividade nacional e continuamos nos vestido de Nike, Adidas, Zara, LV, Gucci… sendo esses produtos verdadeiros ou cópias baratas, o que vale é a eterna disposição de ser o estrangeiro e nunca nacional. É elogiar a criatividade mas nunca se cobrir com ela.


Investir nas novas marcas é ativar um sistema virtuoso de geração de outras estéticas no Brasil. Esses estilistas – que fogem dos padrões convencionais – precisam do nosso investimento, pelo simples ato da compra de suas coleções. Apenas uma camiseta significa um sopro de vida para que eles continuem a nos oferecer uma forma menos careta de estarmos no mundo.

Texto retirado da página Dacri Deviati.

O termo Moda Autoral frequentemente aparece ao lado de Moda Local. Mas afinal, o que exatamente isso quer dizer?

Uma marca autoral precisa ter “autoria”

Para resumir em uma frase: a autoria corresponde aos traços de identidade do designer impressos nas peças criadas por ele. Ou seja, se você consegue pensar em uma marca com uma identidade muito forte e características marcantes, quase que como a personalidade de uma pessoa, você provavelmente está pensando em uma marca de moda autoral.

A Cacete Company, criada por Raphael Ribeiro e Thiago Carvalho, é bom exemplo disso (que amamos). Suas coleções, chamadas de “Arquivos”, possuem uma identidade muito clara, daquele tipo que você olha e diz “É da Cacete, né?”, mesmo que cada Arquivo tenha uma temática e abordagem diferentes.

Fotos das últimas três coleções da Cacete Company, Arquivo 05, 06 e 07, respectivamente.

Dificilmente as marcas autorais são muito comerciais!

Outro aspecto importante sobre as marcas de moda autoral é que elas não costumam buscar a aceitação do grande público e esse também não parece ser o objetivo de seus criadores.

Geralmente, são peças e coleções menos comerciais, mas que conseguem nos fidelizar, nos encantando pela identidade da marca, suas crenças, e a impressão disso nas peças que consumimos.

A LED, por exemplo, é uma marca que fala diretamente com o público LGBTQ+, produz peças sem gênero e cheias de militância. Eles não contemplam o grande público, mas tem um nicho específico que se identifica com a marca e, por isso, é fiel à ela.

Além dessas questões, as marcas de moda autoral normalmente são encabeçadas por designers locais, ao invés de grandes holdings e empresas, por exemplo! Então, quando você dá preferência à marcas autorais, você ainda apoia o trabalho de artistas locais!

Lucas Assunção

Publicitário formado mas que se identifica como Comunicador. Apaixonado por moda desde os 13 aninhos e querendo resolver todos os problemas da indústria. Só que não dá pra fazer tudo sozinho né, vem comigo?

3 respostas para ‘O que é Moda Autoral e a por que consumir dessas marcas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s