O QUE ROLOU NO 25º MINAS TREND PREVIEW?

Mais do que nos anos anteriores, nesta edição o Minas Trend demonstra claros sinais do que já esperávamos: assim como muitas outras Fashion Weeks, o evento tem dificuldades de se manter relevante e se reinventar. Muitas marcas importantes e significativas comercialmente saíram do evento nesta edição, o que refletiu em um empobrecimento que ficou claro para quem frequentou a semana de moda mineira.

Sem dúvida nenhuma, o Minas Trend é de grande importância para a economia de moda mineira e da região, movimenta milhares de marcas, compradores, jornalistas e personalidades do meio, e essa crítica vem de um lugar de alguém que deseja que o evento consiga se reerguer e retornar à sua relevância. No entanto, ele precisa se reinventar e inovar e, mais uma vez, fica a sensação de tarefa não cumprida.

Mas apesar de todas as questões, algumas marcas e desfiles ainda conseguem impressionar e dar um show na passarela (literalmente).

NORB BRAND

A Norb Brand estreou no Minas Trend não apenas no salão de negócios (no stand da CODEMGE), mas abrindo e fechando o desfile de abertura do evento e vestindo a cantora Paige no desfile do TrendBijoux, do Sindijoias. A marca de fato é pra se ficar de olho, já nascendo com uma pegada autoral, alternativa e LGBTQ+, convidando drag queens para (talvez pela primeira vez) ocuparem os espaços do Minas Trend. 

E fica a reflexão: seria a ocupação e inclusão (já tardia) desses novos públicos e essa disrupção com o tradicional o caminho para a tão almejada renovação do evento?

TRENDBIJOUX by Sindijoias Ajomig-MG

Mais uma vez, o Sindijoias deu um show em seu desfile. Com direção de Carlos Penna, o desfile teve a presença das marcas: Atelier Chilaze, Carlos Penna, Lázara, Hector Albertazzi, Leguedê e Soraya Campos. O tema “Corpo Celeste”, busca inspiração no espaço, no sistema solar e nas forças gravitacionais, que foram muito bem traduzidas em alguns dos looks desfilados. Com as peças de roupa assinadas pela Not Equal e os sapatos, pela Estúdio NHNH, o desfile TrendBijoux mostrou mais uma vez as potencialidades da joalheria mineira.

O desfile também contou com apresentação da cantora Paige, novo nome da cena de hip hop de Beagé que entregou um show de tirar o fôlego.  Se ainda não conhece, é uma para ficar de olho!

TrendBijoux by Sindijoias- Minas Trend Inverno 2020 Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

VICTOR DZENK

Com o nome de “Odisséia”, a marca desfilou uma coleção com uma estética bem futurista. Mas não naquele retro-futurismo batido ou o futuro branco, prateado e mega higienizado que já cansamos de ver. O futuro de Victor Dzenk é quase que uma verdadeira odisséia espacial de uma businesswoman que explora o futuro e o espaço sem deixar de lado seu estilo e romantismo.

A marca conseguiu unir o conceito, com o conhecido e tradicional trabalho de refino da moda mineira e com as tendências prometidas para o Inverno 2020 de forma muito precisa e bem executada. Um bom exemplo a ser seguido da convergência entre o conceitual e o comercial que tantas marcas (e o próprio Minas Trend) tentam executar.

NOVAS MARCAS

Apesar da clara diminuição de marcas autorais e locais no salão de negócios dessa edição (principalmente em comparação à 23ª edição), duas marcas chamaram minha atenção por lá.

P.O.R

A marca é o casamento de Barbara Monteiro, da Molett e Carlos Penna, da marca homônima de joalheria e ambos veteranos de Minas Trend. Como já era esperado, já estávamos de olho na POR e no Minas Trend pudemos ver mais um pouco no stand. A marca propõe um trabalho chique de alfaiataria, aquele básico nada básico, com trabalho com texturas e plissados e modelagens que transformam completamente as peças que inicialmente poderiam parecer bem basiquinhas.

A marca ainda não tem muito no site ou no instagram, mas se pudéssemos dar uma dica seria para ficar de olho!

LIBERTEES

Já conhecemos a Libertees há algum tempo e inclusive já falamos deles lá no instagram. Mas para quem não conhece, a marca produzia suas roupas a partir do trabalho das mulheres encarceradas, como forma de capacitação e ressocialização das detentas. 

A novidade agora é que a marca conta com Fábio Costa, diretor criativo da Not Equal e ex-Project Runway assinando o estilo. Pelo que vimos no Stand, podemos esperar coisas boas desse casamento.

Lucas Assunção

Publicitário formado mas que se identifica como Comunicador. Apaixonado por moda desde os 13 aninhos e querendo resolver todos os problemas da indústria. Só que não dá pra fazer tudo sozinho né, vem comigo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s